Exposição – Parto com respeito

Nascer em Foco apresenta:

PARTO COM RESPEITO

Vivenciar o nascimento de uma criança é uma experiência transformadora. Naqueles momentos intensos do parto, sentimos profundamente a manifestação da vida – não apenas desta que vem chegando à família, mas da nossa própria. Cumplicidade, amor, dor, prazer, silêncio, gritos e sussurros.

Esta é uma exposição para ser sentida. As imagens das fotógrafas Amanda Nunes, Heidi Peters, Luciana Zenti e Márcia Kohatsu são capazes de transmitir muito mais do que palavras. Elas mergulham, intimamente, nessa tempestade de sentimentos que transbordam em um parto humanizado. Trazem histórias de força e protagonismo feminino. É necessário olhar para o parto. É necessário compartilhar experiências sobre o parto. A valorização da vida passa necessariamente pelo resgate da ancestralidade que nos une e pelo empoderamento das mulheres. Esta é a beleza de nascer com respeito.

Em nossa sociedade, o parto foi, aos poucos, deixando se ser visto como um processo natural para ser tratado como um procedimento médico. Ficou esquecida a sua essência, que é a de ser um evento familiar. Quantos pais esperaram do lado de fora enquanto suas esposas davam à luz acompanhadas por desconhecidos.

Olhando as imagens desta exposição não pude deixar de refletir sobre minhas próprias experiências. Do parto hospitalar da minha primeira filha aos partos domiciliares planejados dos meus filhos mais novos. Quanta coisa mudou desde então. Hoje as mulheres podem viver essa experiência plena do parto com respeito. E não há dúvidas de que isso se deve ao fortalecimento feminino que elas mesmas lutaram para conquistar.

Daniel Caron

Fotógrafo, ativista do parto humanizado e pai de Luiza, Oliva e Benjamin, que nasceram em partos com muito amor e respeito.

 

Sobre o Nascer em Foco

Acreditamos no poder das imagens.

Somos três fotógrafas e uma videomaker que se especializaram em partos humanizados. Temos a certeza de que a fotografia de parto, além de bela, tem um importante papel social e político. Contribui para a melhoria do atendimento ao parto no Brasil, a redução do número de cesáreas – muitas delas mal indicadas ou desnecessárias – e o combate à violência obstétrica, infelizmente bastante recorrente em nosso sistema de saúde. Queremos ajudar a construir um novo padrão obstétrico que tenha como essência o protagonismo feminino. É disso que se trata o parto humanizado.

As imagens de parto também são transformadoras para a família. Vão muito além do registro do nascimento da criança. Elas possibilitam reviver e entender a experiência do parto. É uma porta aberta para o renascimento da mulher e, mais que tudo, para um profundo autoconhecimento. Para a criança, essas fotos são de um valor imensurável. É poder vivenciar sua chegada ao mundo e tudo o que ela carrega: o amor dos seus pais, a alegria da acolhida, as lágrimas de emoção.Um presente que a família tem a oportunidade de se dar.

A exposição Parto com respeito traz esse olhar.

Por onde essa exposição já passou:

  • Câmara Municipal de Curitiba – 2017
  • Feira Expo Bebê & Gestante – 2017